A forte chuva que atingiu a cidade de Armazém nesta tarde de terça-feira (7), acompanhada de raios, vento, chuva forte, e com um pequeno início de granizo, mas que por sorte não teve continuidade, causou alagamentos em algumas ruas, sendo que, isso normalmente acontece quando há um alto volume de chuvas. Em dias muitos quentes a água acaba evaporando e contribuindo para o efeito estufa, sendo comum que nos finais de tardes ocorram tempestades, algumas vezes isoladas. Estes alagamentos na maioria das vezes causam prejuízos materiais para os moradores.

Foto: Tiago Boeing/ORS

Esta situação não é recente, acontecendo há décadas no município, na rua Emiliano Sá, 29 de junho e demais, no centro da cidade, sempre que há fortes chuvas os sistemas de escoamentos acabam não suportando o volume de água e transbordam, este problema acontece há aproximadamente dez anos.

Vale lembrar que quando há alagamentos é preciso evitar transitar a pé ou com veículos nestes locais onde não é possível visualizar o chão, muitas vezes há crateras, sem contar o risco a doenças, entre elas a leptospirose, transmitida pela urina de animais contaminados, mais comumente associada a ratos.

Cobertura de empresa é arremessada

Foto: Wilson Boeing/ORS

No bairro Olaria, também em Armazém, o vento acabou arrancando a cobertura de uma empresa, a mesma foi parar a alguns metros de distância de onde estava inicialmente posicionada. O Corpo de Bombeiros da cidade atendeu a ocorrência e as informações são de que uma pessoa teve apenas escoriações.

Eucalipto cai com força do vento

Foto: Daniela Defreyn/Eviada via Whatsapp/Divulgação ORS

Uma árvore de eucalipto caiu com a força do vento no bairro Alemanha, também município de Armazém.

Atualizada em 08 de março de 2017 às 09:50h.

Este artigo está em


Join the Conversation