Secretária de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação quer tornar viável a implantação do programa “Criança Feliz” em Santa Catarina

Ontem segunda-feira a secretária de Estado da Assistência Social de Santa Catarina, Romanna Remor esteve em Jaraguá do Sul, representando o governador Eduardo pinho Moreira, para conhecer de perto os detalhes do programa “Criança Feliz” apresentado pelo próprio ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra.

O objetivo principal do programa é promover o desenvolvimento humano a partir do apoio e acompanhamento da criança de forma integral na primeira infância. Isso é possível com visitas periódicas dos profissionais de saúde e da vara da infância na casa dessa população mais carente.

“O programa é lindo, fiquei impressionada com a palestra do Ministro e quanto o programa pode ajudar no desenvolvimento da criança. Estou muito empolgada para implantar o projeto em Santa Catarina”, disse a secretária.

O Criança Feliz promove um aumento do acompanhamento para famílias beneficiadas pelo Bolsa Família, que possuem bebês ou crianças de até três aos de idade, através de assistentes sociais que darão orientações de como as crianças podem ser criadas em melhores condições, promovendo um desenvolvimento mais saudável da sociedade.

“Vamos intervir junto ao Conselho Estadual de Assistência Social, que é o órgão que pode decidir pela adesão ao programa no Estado, para que as crianças de Santa Catarina não fiquem sem esse importante benefício” afirmou Romanna.

“A implantação do programa é importante para garantir que essas crianças tenham um crescimento mais adequado, fazendo com que o desenvolvimento infantil seja de melhor qualidade dando à elas uma nova perspectiva de vida”, explicou o ministro.

Com esse programa, o Governo espera reverter o quadro bastante delicado que a situação da infância vem sendo tratada no Brasil.

Este artigo está em

Join the Conversation