Secretária da Assistência Social autoriza retomada das obras de seis Cras e três Creas em SC

Ontem segunda – feira (9), a secretária de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, Romanna Remor, assinou e entregou ordens de serviço para o término das obras de seis Centros de Referência em Assistência Social (Cras) e três Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas). As obras já haviam começado, mas algumas empresas reincidiram os contratos.

“Com a grande crise econômica que ataca o país, muitas empresas de construção não estão conseguindo cumprir os contratos. É muito importante que retomemos a obras para que esses importantes equipamentos sejam entregues à população e cumpram com sua função”, afirmou a secretária.

As obras são realizadas dentro do programa Pacto pela Proteção Social do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação. Os investimentos nesses nove equipamentos somam R$ 2 milhões.

Os Cras são responsáveis pela organização e pela oferta de serviços da proteção social básica do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), nas áreas de vulnerabilidade e risco social dos municípios. O prédio é construído no padrão de 171 metros quadrados e contempla toda a mobília. Todos os equipamentos estão dentro dos padrões exigidos de acessibilidade e espaço físico compatível com o trabalho realizado.

Os Creas oferecem apoio e orientação especializados a famílias e indivíduos em situação de risco comprovadas como violência física, psíquica, sexual, abandono, ameaça, maus tratos e discriminações sociais.

Obras:

CRAS

 Bandeirante  – R$294,179,89;
Barra Bonita  – R$294.342,63;
Belmonte  – R$298.118,39,
União do Oeste – R$273.553,44;
Passos Maia  – R$179.000,00;
Abdon Batista – R$132.899,70.

CREAS

Dionísio Cerqueira – R$219.501,65;
Palmitos –  R$123.000,00;
Tigrinhos – R$189.000,00.

Este artigo está em

Join the Conversation