Incêndio em creche de Forquilhina foi provocado por crianças e adolescente

Investigação da Polícia Civil esclareceu o caso registrado no último domingo, 27.

A Polícia Civil de Forquilhinha apurou que o incêndio que destruiu o Centro de Educação Infantil Sonho Mágico, no Bairro Cidade Alta, no último domingo, 27, deixando mais de 73 crianças sem atendimento, foi provocado por três crianças, de 5, 9 e 11 anos, e por um adolescente de 12 anos.

Conforme o delegado de Polícia Civil do município, Ricardo Kelleter, os quatro foram até o local no sábado, 26, e reviraram todo o estabelecimento, usando luvas. “Posteriormente, no domingo, retornaram, a fim de ‘apagar’ eventuais digitais deixadas no local. Em razão disto, o adolescente ateou fogo no local, valendo-se de álcool em gel e fósforo, passando as chamas a atingir toda a creche. Além dele, o menor de 10 anos colocou fogo nas cortinas. A criança de 5 anos de idade, por sua vez, jogou leite no feijão e lançou ovos na parede. Somado a isto, todos eles fizeram o consumo de biscoitos que estavam na creche”, completa.

Ainda de acordo com a autoridade policial, exames periciais foram requisitados e serão juntados aos autos assim que forem concluídos, para encaminhamento ao Poder Judiciário. “Ao adolescente será atribuído o ato infracional análogo ao crime de incêndio, enquanto que as crianças serão encaminhadas para as medidas de proteção”, acrescenta Kelleter.

Fonte: Forquilhina Notícias

Este artigo está em

Join the Conversation