Assaltante do Farol Shopping é identificado

A Polícia Civil identificou um dos criminosos que praticaram o violento assalto à Relojoaria e Ótica Quevedo, no Farol Shopping, em Tubarão, em agosto deste ano. Na sexta-feira, um mandado de busca e apreensão foi cumprido na casa dele, em Palhoça. Na residência, os policiais encontraram um dos relógios roubados no crime.

Porém, o suspeito não se encontrava no local. O homem agora é considerado foragido da Justiça – a polícia também tinha um mandado de prisão contra ele. A identidade do outro assaltante ainda não foi descoberta.

De acordo com a Polícia Civil, o autor foi identificado pelo exame papiloscópico, através da impressão digital encontrada na motocicleta usada no crime. As imagens do sistema interno de monitoramento do shopping também contribuíram para a identificação.

Uma mulher, de 22 anos, esposa do criminoso, foi presa em flagrante e vai responder pelo crime de receptação. A polícia também encontrou torrões de maconha e uma munição de calibre 38 na residência.

O cumprimento do mandado de busca e apreensão em Palhoça foi comandado pelo delegado da Divisão de Combate a Furtos e Roubos – DCFR de Tubarão, Danilo Bessa Brilhante, com o apoio da Divisão de Investigação Criminal – DIC de Palhoça.

Relembre

O assalto aconteceu no começo da tarde do dia 18 de agosto. Depois de roubar peças da relojoaria, uma dupla de criminosos foi até a vitrine da loja e disparou quatro vezes com pistolas de calibre 380. Por sorte, ninguém ficou ferido.

Os tiros, no entanto, causaram tumulto e correria dentro do shopping. Os vigias do centro de compras atenderam à orientação de não reagir para não colocar em risco a vida de clientes e funcionários. A dupla fugiu levando as mercadorias dentro de uma grande sacola. O valor estimado do roubo não foi revelado.

Com informações do Jornal Diário do Sul

Este artigo está em

Join the Conversation