Aprovados no Concurso Público n° 001/2017/DP/CBMSC do Corpo de Bombeiros Militar/SC e, que fazem parte do quadro de reserva, continuam aguardando a chamada para se apresentarem à instituição.

O município de Armazém conta com dois candidatos aprovados excedentes, são eles: Giancarlo da Silva Souza e Pablo Antunes Nazário.

Uma comissão foi eleita para buscar junto às autoridades competentes o apoio para que sejam convocados para fazerem o Curso de Formação. A justificativa é que os candidatos da reserva estão aptos para fazerem o curso e contribuirão para suprir, mesmo que parcialmente, o déficit do efetivo da Corporação. Ou seja, além dos 300 já convocados há outros 320 aprovados nos exames de avaliação de escolaridade, saúde, física, psicológica e investigação social, para que ingressem no Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC).

A comissão segue solicitando apoio das autoridades de todo o Estado de Santa Catarina para que os apelos possam sensibilizar o governo estadual, bem como para que à população possa ser prontamente atendida.

Atualmente os quartéis têm sobrecarregado seus profissionais e, segundo fontes, sabe-se que os bombeiros da defesa civil (que as prefeituras disponibilizam) atuam em iguais proporções que os militares. Outro ponto que é do conhecimento de todos que trabalham nas corporações, seja como bombeiro civil ou comunitário, é que os cursos de aperfeiçoamento são específicos para os militares (a exemplo treinamentos da Força Nacional), impedindo a qualificação dos demais envolvidos.

Outro ponto significativo e que a comissão salienta é que: “[…] o efetivo da Corporação, de acordo com o portal da transparência, era de 2.504 bombeiros em janeiro de 2017, já em janeiro de 2018 reduziu para 2.405 bombeiros, e a previsão é que este número se reduza ainda mais devido aos ingressos à reserva remunerada previstos neste ano. Ademais, conforme o art. 1º da Lei Complementar Nº 582, de 30 de novembro de 2012, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina possui como efetivo máximo a quantidade de 3.816 (três mil, oitocentos e dezesseis) Bombeiros Militares. Sendo assim, existem mais de mil vagas a serem preenchidas. […]”

Vale lembrar ainda, que o concurso público teve 10.228 inscritos, que seu edital foi publicado em 01 de agosto de 2017, no site da Objetiva Concursos, o qual prevê um cadastro reserva de candidatos e tem validade de um ano a partir de sua data de homologação, podendo ser prorrogável para mais um ano. Diante disso, os candidatos estão mobilizados para que os prazos sejam respeitados e para que todos os aptos sejam devidamente convocados para poderem dar sua contribuição à sociedade.

Com isso a comissão continua empenhada em conseguir um diálogo com o Governador Eduardo Pinho Moreira.

Mesmo com a inclusão de 300 novos soldados, o corpo de bombeiros ainda sofre com déficit de pessoal. São 2.365 militares no estado, para atender toda a população que passa de 7 milhões de habitantes.

O grupo espera conversar com o governador e apresentar os dados, para que ele autorize o chamamento dos 300 candidatos excedentes do cadastro reserva, para a formação de uma segunda turma em breve.

Entenda o caso

Em fevereiro publicamos em nosso site o seguinte:

“O pedido dos aprovados excedentes do Concurso Público nº 001-2017/DP/CBMSC para o Corpo de Bombeiros Militar realizado em 2017 é a convocação de todos os candidatos considerados aptos para o ingresso no curso de formação de soldados. O edital prevê a formação de apenas 300 soldados e manter um cadastro reserva de excedentes. Atualmente, cerca de 620 candidatos estão aptos, ou seja, 320 são excedentes. […]

[…] Com a redução de efetivo, os quartéis por todo estado ameaçam fechar às portas, comprometendo também o atendimento as ocorrências. Em razão disso, há a mobilização para conseguir com o governo a abertura de uma nova turma com os excedentes do concurso, tendo em vista que já passaram por todas as etapas previstas, como prova objetiva, exame médico, prova física, prova psicológica, faltando apenas o resultado da investigação social. Portanto, os excedentes estão prontos para entrar na Corporação, prestando um serviço de excelência para o Estado e para a população catarinense. — Representantes excedentes do Concurso Público CBMSC.”

Os apoios conquistados

Como moção de apoio nº 001/2018 da Câmara Municipal de Armazém com a qual todos os nove vereadores manifestaram-se favoráveis à convocação dos candidatos excedentes: “por deliberação do Plenário desta Casa Legislativa a presente Moção de Apoio 001/2018 que tem por objetivo a convocação dos candidatos excedentes no Concurso Público – Edital nº 001/2017/DP/CBMSC, considerando que os mesmos já estão aprovados nos exames. […]

[…] Portanto solicitamos ao Exmo. Sr. Governador do Estado de Santa Catarina que amplie o número de vagas disponível para o curso de formação e, consequentemente, o aumento mais que necessário do efetivo do CBMSC, ampliando para os 620 candidatos aptos. — Câmara Municipal de Vereadores de Armazém, em 26 de fevereiro de 2018.” – Confira a moção na íntegra

O concurso

Foram oferecidas 300 vagas, sendo 282 para homens e 18 para mulheres. As provas foram realizadas em cinco cidades do estado: Florianópolis, Blumenau, Curitibanos, Chapecó e Criciúma.

Leia na edição impressa

Leia mais sobre

Este artigo está em

Join the Conversation