Neymar entra com ação contra União por vazamento de processo

A Justiça determinou que a União Federal tome medidas relacionadas ao vazamento de informações ligadas a um processo envolvendo Neymar, sobre suposta sonegação fiscal cometida pela família do jogador. De acordo com o Uol, o atacante do Barcelona e da Seleção entrou com uma ação contra a União no Tribunal Regional Federal da Primeira Região questionando os vazamentos.

Na ação, Neymar destaca que o processo é sigiloso, mas que informações foram divulgadas na imprensa sem autorização dos interessados. A defesa do jogador pede indenização, punição do servidor responsável pelo vazamento e que a União adote medidas que evitem novos vazamentos de informações. Segundo o site, o juiz federal Eduardo Santos da Rocha Penteado determinou que a União informe em 15 dias os nomes dos servidores que tiveram acesso ao processo.

– Há nos autos elementos que, em cognição sumária, sugerem que a imprensa obteve acesso a informações de forma prematura, ou seja, antes mesmo de os interessados no processo administrativo fiscal terem sido intimados de atos nele praticados. Não há, todavia, informações mais detalhadas sobre o andamento de tal processo administrativo que permitam, neste momento processual, medidas coercitivas mais drásticas. Não obstante, determino à União que informe ao Juízo, no prazo de 15 (quinze) dias, o nome e a matrícula funcional dos servidores que possuem ou possuíram acesso ao processo administrativo, assim como para que forneça o andamento processual discriminado (datas e ocorrências) – relatou o juiz, de acordo com o Uol.

Com informações do G1

Este artigo está em

Join the Conversation