“Vale a pena a vida pública quando voltada ao bem comum”, afirma Jorge Konder Bornhausen, ao receber medalha Anita Garibaldi

Diante do Teatro Pedro Ivo lotado, o ex-governador Jorge Konder Bornhausen foi homenageado na manhã desta sexta-feira, 9, em Florianópolis, com a entrega a medalha de mérito Anita Garibaldi, a maior condecoração oferecida pelo Governo do Estado. O governador Raimundo Colombo, o vice Eduardo Pinho Moreira, o ministro Gilberto Kassab, ex-governadores, deputados e lideranças estaduais prestigiaram o ato.

“Hoje, Santa Catarina homenageia um dos seus filhos mais extraordinários, como ser humano, como político e como líder. Reconhecemos todo o seu esforço, toda a sua entrega e todas as suas conquistas”, destacou Colombo, lembrando que a medalha faz referência à heroína catarinense que deu a vida em defesa dos seus ideais.

No momento de entrega da medalha, o governador Colombo quebrou o protocolo e chamou ao palco o irmão do homenageado, o ex-deputado Paulo Konder Bornhausen, para acompanhar a cerimônia. O ato também contou com a exibição de um vídeo com depoimentos de lideranças estaduais e familiares prestando homenagens ao legado do ex-governador.

PUBLICIDADE

Em seu discurso, Jorge Konder Bornhausen lembrou de ações que comandou na educação e na saúde, como o combate a paralisia infantil. “Vale a pena a vida pública quando voltada ao bem comum”, afirmou.

Ao relembrar um pouco de sua trajetória, Bornhausen também destacou seu trabalho no Senado contra o aumento de impostos e parabenizou o governador Raimundo Colombo por defender a mesma ideia, evitando reajustes de tributos mesmo diante da queda de arrecadação provocado pela crise econômica.

Em relação ao atual cenário público, defendeu a aprovação de um teto de gastos dos governos e a reforma de previdência como pré-requisitos para a saúde financeira do país. “Vivemos momentos difíceis, de incompreensão, de excessos, de pouca paciência e de pouca sabedoria. Mas um momento que certamente passará porque nós precisamos recuperar o país. A democracia é um regime de liberdade, mas a outra face da liberdade é a responsabilidade”, avaliou.

Bornhausen agradeceu ao atual governo pela homenagem, destacando a amizade de quase 40 anos com o governador Colombo; aos familiares que acompanharam toda a cerimônia e aos amigos que vieram de diferentes cidades de Santa Catarina e também de fora do Estado. “O maior patrimônio da minha vida são as amizades”, destacou.

Jorge Konder Bornhausen

Vice-governador e governador de Santa Catarina, senador por dois mandatos, ministro e embaixador foram alguns dos cargos ocupados por Jorge Konder Bornhausen. Filho do também ex-governador Irineu Bornhausen, Jorge Konder Bornhausen nasceu em 1937, no Rio de Janeiro. Foi vice-governador na gestão de Ivo Silveira, entre 1967 e 1971. Foi, ainda, presidente do Banco do Estado de Santa Catarina (Besc) e da Companhia de Desenvolvimento de Santa Catarina. Assumiu o cargo de governador do Estado em 1979, com mandato até 1982. Nos anos seguintes, foi senador por Santa Catarina por dois mandatos e ministro da Educação e ministro chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República.

A medalha Anita Garibaldi

Criada em 1972 para condecorar aqueles que se destacam por serviços prestados ao Estado de Santa Catarina e ao Brasil, a medalha de mérito Anita Garibaldi é maior condecoração do Governo de Santa Catarina, levando o nome da heroína catarinense. Já foram homenageadas com a medalha personalidades como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; o ex-arcebispo da Catedral Metropolitana de Florianópolis, Murilo Krieger; o delegado Renato José Hendges e o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski.

Este artigo está em

Join the Conversation