Última assembleia ordinária da AMUREL do ano aconteceu em Laguna

 

Temas importantes pautaram a sexta e última assembleia geral ordinária da AMUREL em 2013,  06 de dezembro  no Hotel Tourist, em Laguna.

Além dos habituais assuntos de assembléias, como a aprovação da ata anterior e a prestação de contas do bimestre anterior, a reunião também tratou da missão oficial de prefeitos à Europa (Alemanha, Itália, Portugal e Espanha), que acontecerá entre 16 e 30

de maio de 2014, para conhecer questões ligadas à sustentabilidade, energias renováveis, resíduos sólidos, associativismo em pequenas propriedades, mobilidade urbana e projetos sociais.

O prefeito de Imaruí, Manoel Viana solicitou que a AMUREL encaminhe ofício pedindo a inclusão da pavimentação da SC-437, trecho entre Imaruí e Pescaria Brava, no orçamento do estado de 2014, classificando essa obra como prioritária para a região. Os demais prefeitos concordaram com o pedido.

 

O prefeito de Gravatal Jorge Leonardo Nesi manifestou descontentamento e estranheza com o governo do estado e órgãos ligados a ele na região pelo fato do trecho da SC-370 – antiga SC-438 – não incluir o trecho da rodovia entre Gravatal e Tubarão entre o total da extensão desta rodovia a receber trabalhos de manutenção e limpeza, nem de tapa buracos. Com a aquiescência dos demais prefeitos, Nardo Nesi também pediu para que a AMUREL elabore um documento e encaminhe à SDR de Tubarão e ao Deinfra pedindo providências em relação ao fato.

Dentro do espaço aberto a manifestações de pessoas ou entidades externas, o presidente do Grupo pela Unidade Infanto-juvenil de Onco-hematologia – Guido, Otílio Pereira, e a vice-presidente da entidade, Rosane Búrigo fizeram uma apresentação da entidade aos

presentes. Convidaram os prefeitos a conhecer a sede, em Criciúma, que atende a dezenas de pessoas até 19 anos de idade com câncer, inclusive da região da Amurel..

O proprietário da empresa Hannover, com sede em Brasília, Roberto Morale fez uma explanação sobre tecnologia de plasma para aproveitamento de resíduos sólidos e as negociações com a região para implantar aqui uma usina capaz de absorver uma grande variedade de resíduos sólidos. A proposta é que o novo negócio seja instalado em Laguna, onde o prefeito já disponibilizou 17 hectares de terra para o empreendimento. Os prefeitos ficaram de voltar a falar sobre o tema, já que agora há um consórcio de resíduos sólidos recém-formado, o que pode facilitar o cumprimento de algumas etapas.

Os prefeitos que compõem o Consórcio Intermunicipal de Saúde –  CIS/AMUREL também fizeram assembléia ordinária da entidade. Entre os assuntos principais destaca-se a eleição da diretoria para mais um ano. Jaime Wensing, prefeito de Armazém ocupará o cargo de presidente, deixado por Nardo Nesi, Amilton Ascari, prefeito de Grão Pará, a 1ª vice-presidência, e Olávio Falchetti, a 2ª vice-presidência.

 

 

 

Este artigo está em