Sãoludgerense de 32 anos é a primeira vítima fatal do COVID-19 no Vale

Um homem de 32 anos morreu em Içara, vítima de Covid-19. Aislan Crozeta Corrêa, era morador de São Ludgero. A informação foi confirmada pela prefeitura de São Ludgero neste sábado (4). Ele testou positivo para a doença no último dia 21.

O homem estava internado no Hospital São Donato, em Içara, há alguns dias e morreu por volta das 5h, deste sábado. Ele trabalhava na empresa Copobrás. Aislan era casado e deixa esposa e um filho. Não há informações se ee possuía alguma comorbidade.

Santa Catarina tem 301 casos confirmados da doença. Até esta sexta-feira (3), o Estado registrava cinco mortes, segundo boletim divulgado pelo Governo do Estado. O óbito do morador de São Ludgero deve ser divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde no próximo boletim.

Nesta sexta-feira, o Ministério da Saúde anunciou que o Brasil registrou o maior número diário de mortes em decorrência do novo coronavírus. Segundo os dados, 60 pessoas morreram entre quinta e sexta, totalizando 359. Já a quantidade de casos confirmados é 9.056, com crescimento de 1.146 infecções em um dia.

Fonte: Notisul

Este artigo está em

Join the Conversation