Câmara Municipal de Orleans: Sessão Ordinária do dia 20 de Junho

Sob a presidência do vereador Pedro Orbem– MDB, a Sessão Ordinária da 19ª Legislatura, nesta segunda feira (20/06) do ano de 2022, Em pauta na Secretaria da Casa Legislativa, apenas uma votação de projeto de Lei do Executivo que após longa discussão e análise, restou aprovado pelos senhores edis.
As Sessões Ordinárias abertas ao público, podem também ser acompanhadas virtualmente pelo site do legislativo, www.orleanscamara.sc.gov.br e www.facebook.com/camaradevereadores.orleans;

Ordem do Dia

PROJETO DE LEI  Nº 0024/2022 – “Autoriza o chefe do poder executivo municipal a firmar termo de fomento e dá outras providencias”. Autor: Poder Executivo.

Projeto de Lei N. 24 de 1º de junho de 2022 tem por objeto firmar parceria, por meio de Termo de Fomento, com a Fundação Educacional Barriga Verde – FEBAVE, para execução do Projeto de aquisição de equipamentos e materiais para o laboratório didático na área da saúde, nos termos da Lei Federal n. 13.019/14. O Curso de Graduação em Enfermagem e Técnico em Enfermagem do Centro Universitário Barriga Verde (UNIBAVE), dispõe de um laboratório didático para o desenvolvimento das habilidades necessárias a formação em enfermagem. Contudo, tem se mostrado com materiais e equipamentos demasiadamente desgastados. Diante disso, os recursos solicitados servirão para implementar melhorias no laboratório didático de enfermagem, o qual irá beneficiar, cerca de 150 alunos.
Confira o teor do projeto em seu art. 1º. Fica o Chefe do Poder Executivo Municipal autorizado a firmar Termo de Fomento com a Fundação Educacional Barriga Verde – FEBAVE, inscrita no CNPJ nº. 82.975.236/0001-08, nos termos da Lei Federal n. 13.019/14.
Art. 2º. O Termo autorizado no artigo 1º desta Lei, terá por objeto o repasse de auxílio financeiro, no valor de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais), pagos em duas parcelas de R$ 100.000,00 (cem mil reais).
Parágrafo Único. O valor a ser transferido é para custear despesas com a aquisição de equipamentos e materiais para laboratório didático na área da saúde, conforme especificado no plano de trabalho anexo a esta Lei.
Art. 3º. Como condição para recebimento do valor descrito no artigo anterior, a referida fundação deverá apresentar plano de trabalho, sendo que a prestação de contas dar-se-á no prazo máximo de 60 (sessenta) dias uteis, contados da finalização da execução do plano de trabalho, devendo atender os ditames da Lei Federal 13.019/14 e IN TCE 14/2012, do Tribunal de contas do Estado de Santa Catarina. Parágrafo Único. O não cumprimento do Caput do Art. 3º desta Lei, ficará a entidade obrigada a devolver em até 48 horas, devidamente corrigidos, os recursos transferidos pelo Município, ficando impedida de celebrar novos Termos de Colaboração pelo prazo de 02 (dois) anos.
Art. 4º. O prazo do Termo de Fomento terá vigência até 31/12/2022 podendo ser prorrogado, mediante Termo Aditivo com a revisão dos valores pela correção do IGPM da FGV. Art. 5º. As despesas com aplicação da presente Lei, correrão por conta da seguinte dotação.
Este artigo está em

Join the Conversation