Aluno faz ameaças de morte dentro de escola em Braço do Norte

Um aluno de uma escola estadual de Braço do Norte precisou ser levado para a delegacia após ameaçar de morte os colegas. Esse é o quarto caso de ameaça em menos de dois meses que envolve uma instituição de ensino da região.

Segundo a direção da escola, em depoimento para a Polícia Militar, o garoto disse que abriria a barriga de outro estudante no horário de saída da instituição, nessa segunda-feira. Ainda de acordo com a unidade, o autor das ameaças já tinha sido suspenso no período da manhã porque tinha levado um canivete para a escola.

O autor, as vítimas e a direção da unidade escolar foram levados para a delegacia. Antes, os alunos foram abordados pelos agentes e nada de ilícito foi encontrado, informou a guarnição.

O boletim registrado pela PM aponta que um dos menores envolvidos na ocorrência ameaçou um policial, “dizendo para o mesmo tirar a farda e ver o que faria com ele”. O garoto foi apreendido no local para os procedimentos cabíveis.

Foi preciso chamar outras guarnições durante esse atendimento devido ao tumulto. A PM não informou a idade dos alunos envolvidos no caso.

No começo deste mês, a direção da Escola de Educação Básica Henrique Fontes registrou um boletim de ocorrência após uma mensagem, em tom ameaçador, ser encontrada em um dos banheiros da instituição.

O texto “o bullying só acaba quando levam armas para escola – 3/5/22” foi encontrado por um monitor-militar. A imagem com a mensagem repercutiu pelas redes sociais e deixou pais, alunos e funcionários assustados.

 

Com informações de Diário do Sul

Este artigo está em

Join the Conversation