Bronquiolite: Saiba mais sobre a doença – Tainara Boeing

Os sintomas podem ser parecidos com uma gripe. Atinge o público infantil e costuma durar cerca de sete dias, traz muitos desconfortos para os pequenos. Embora na maioria das vezes não haja grandes complicações, a criançaprecisa se recuperar bem para voltar às atividades”, ressalta Daniel Wagner Santos, infectologista.

É uma inflamação das pequenas vias aéreas respiratórias que atinge os bronquíolos. É muito comum em crianças a partir dos seis meses de vida até 3 anos de idade. As crianças ficam cansadas, falta de ar e chiado no peito. Também podem aparecer tosse seca, febre baixa e coriza. Os bebês prematuros e aqueles que têm asma ou bronquite são mais propensos a pegar a doença.

A doença é transmitida pelo vírus sincicial respiratório, o VSR, que é transmitido pelo contato de mãos contaminadas, é essencial lavá-las com água e sabão e usar álcool gel. Na maioria das vezes, a bronquiolite é autolimitada. O vírus entra, passa por um ciclo, sai e o organismo se recupera instantaneamente. O tratamento não é específico quanto ao vírus, mas baseado nos sintomas. Por exemplo, se tem febre, um antitérmico é receitado; se o nariz está escorrendo, recomenda-se a lavagem nasal. O vírus tende a seguir o seu período normal, a não ser quando a doença complica e evolui para um quadro pulmonar mais intenso – como pneumonia.

Em 7 dias a criança está recuperada, é claro que, em alguns casos, pode demorar um pouco mais. Se a criança estiver com falta de ar, com a frequência respiratória maior e realmente cansada é o momento dos pais a levarem ao pronto socorro para fazer uma avaliação.

Fonte: bebe.abril.com.br
Matéria adaptada para o jornal

Este artigo está em

Join the Conversation