|Por: Milton Alves

SERGIO NO PT (1)

Quando todos esperavam pelo desgaste do partido, tendo em vista os problemas nacionais que enfrenta, o PT de Armazém dá um “xeque” e embaralha as peças no complicado jogo de xadrez da política local. Fruto do esforço do presidente/vereador Geraldo Machado, e do secretário Charles Schelter, o partido levou pras suas fileiras no fim da tarde de 24 de fevereiro o secretário da Agricultura Sérgio Mallmann, que é vereador eleito pelo PSD. A troca de Mallmann do PSD pelo PT afasta, de uma vez por todas, os correligionários do governador Colombo da administração municipal comandada por PSDB e PMDB. Ao mesmo tempo solidifica a posição do PT, que agora, com dois vereadores e com duas secretarias municipais, vai ter muito mais força na hora de espalhar as peças pelo tabuleiro. O PSD, cujos demais líderes haviam migrado para a oposição, fica cada vez mais enfraquecido e corre o risco de ficar isolado no próximo pleito. A filiação de Mallmann (segundo da esquerda para a direita na foto) foi homologada em Florianópolis pela deputada petista Ana Paula Lima. Vereador Geraldo Machado (esquerda) e Charles Schelter (direita) serviram de testemunhas.

Abono Salarial

O vereador, Wanio Effting, de São Martinho entrou naquela casa legislativa com indicação, que concede indistintamente a todos os servidores do Quadro de Pessoal do Poder Executivo, abono salarial na importância de R$ 150,00. Segundo o autor da indicação, entrou com o pedido “devido aos baixos salários dos servidores do Executivo e que, nesse mandato, ainda não foi feito nada para ajudar esses funcionários. Então, acha justa a concessão desse abono. Disse ainda que, ao invés de ajudar, o Executivo prefere tirar dos funcionários. Comentou que, com certeza, a promessa da reforma administrativa não será mais colocada em prática nesse mandato.”

Mudança no Comando

Foto: Charles Schelter
Foto: Charles Schelter

Na manhã da última terça-feira (01) assumiu o comando do executivo de Armazém o vice-prefeito, Victor Antonio Boing. De férias durante o mês de março o prefeito, Jaime Wensing, passará o comando do executivo definitivamente para Victor ao final de março, quando sairá para concorrer a uma cadeira do legislativo municipal.

Este artigo está em