A presidente do Sinpaaet de Tubarão, Gisele Vargas, em nota endereçada à imprensa, diz que a proposta apresentada pelo prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, para a solução da crise financeira da Unisul, de corte linear de salários e de horas trabalhadas, não resolverá a situação, ao contrário, deverá agravá-la. Ela também diz que os números disponibilizados e declarados pelo prefeito são muito maiores do que foi anunciado. Para ela, essa é a hora da verdade, porque não dá mais para continuar encobrindo os resultados da má gestão e os equívocos cometidos pelas gestões anteriores. É preciso iniciar uma auditoria com empresa independente e exigir mudanças na gestão e na estrutura, conclui.

RESPOSTA DO PREFEITO

Em resposta à nota publicada pelo Sindicato dos Professores e Auxiliares de Administração Escolar de Tubarão e Capivari, o prefeito de Tubarão, que também é presidente do Conselho Curador da Unisul, disse entre outras coisas: “A nota publicada sobre a situação financeira e econômica da Unisul baseia-se em matérias publicadas pela imprensa e não em pronunciamentos oficiais”. Com responsabilidade, o sindicato também foi chamado a ajudar nas análises referentes aos problemas enfrentados pela universidade. Quanto às questões oriundas de gestões anteriores, ressalta que a maioria dos membros da diretoria do sindicato já estava à frente da entidade e não explica em sua nota porque não fez cobranças ao Conselho Curador no passado. O prefeito pergunta onde estava e com quem estava comprometido o Sinpaaet. Destaca ainda que não houve a conclusão dos estudos e que as propostas de cortes salariais foram das reitorias da Unisul e da fundação.

INDEFINIÇÃO TOTAL

Faltando menos de um ano para as eleições, o cenário político está ainda complicado e qualquer análise sobre as perspectivas são muito prematuras. Entretanto, baseado nos dados de eleições passadas, não podemos esperar muitas novidades em 2018. Em termos de presidência, é fato que Jair Bolsonaro vem se posicionando como anti-Lula. Independente de Lula ser ou não candidato, não deixa de ser verdade que seu nome é muito forte, principalmente no Norte e Nordeste do Brasil. Geraldo Alckmin nos parece ser a melhor opção para os eleitores que não querem pensar em esquerda ou direita. Para o governo de Santa Catarina, o tabuleiro está cada vez mais complicado. PSD, PMDB, PP, PT e PSDB têm candidatos declarados. A grande questão é saber quem estará com quem. Como as mudanças de partido podem ser feitas até abril, muita água passará ainda por debaixo das pontes.

BASTA QUERER

Que a população brasileira está descontente com a classe política não é novidade para ninguém. Que os políticos não estão nem aí para o eleitor, também não é diferente. Estamos há anos esperando por diversas reformas e, até agora, o que vimos foi um remendo na reforma trabalhista e uma enganação total na reforma política. A grande verdade é que quando eles querem, fazem até chover. Na semana passada, por exemplo, todo o trâmite a partir do documento emitido pelo governador Colombo, apresentando aos deputados o nome de José Nei Ascari para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas, a formação de comissão, a votação em plenário e a posse levaram menos de 48h. Foi uma tramitação recorde. Lamentavelmente, o que diz respeito ao interesse do povo fica emperrado por descaso ou pela burocracia. Até quando o brasileiro vai aguentar tudo isso?

Notas rápidas

  • Pré-candidato a deputado estadual pelo PP, Felippe Luiz Collaço, o popular Pepê, está trabalhando com vistas ao pleito do ano que vem. Sua intenção é conquistar em torno de 3 mil votos no Vale do Itajaí e cerca de 4 mil votos na Grande Florianópolis. Também está de olho nas regiões de Criciúma e de Araranguá.
  • Jornalista Luiz Carlos Prates agradeceu a lembrança, mas descartou qualquer possibilidade de ser candidato nas eleições do ano que vem. Disse que deseja seguir na comunicação. Prates havia sido convidado por Bolsonaro para disputar uma vaga ao Senado pelo PEN Patriota.
  • Vereador Alexandre Moraes retornará no dia 13 ao cargo de secretário de Desenvolvimento Urbano, e acumulará a pasta de Urbanismo, Planejamento e Mobilidade da prefeitura de Tubarão. Com isto, o suplente Carlos Zamparetti voltará à Câmara de Vereadores.
  • Os Oftalmologistas Celso Borges de Souza e Thiago Borges de Souza, proprietários da Oftalmoclínica, não cansam de buscar atualizações e ver de perto as novas tecnologias. Acabam de retornar de New Orleans, Estados Unidos, onde participaram do Congresso da Academia Americana de Oftalmologia.
  • O vídeo das gentilezas, idealizado pelo Farol Shopping, recebeu 20 milhões de visualizações, mais de 150 mil reações e mais de 330 mil compartilhamentos por usuários de todas as regiões do Brasil. O vídeo foi realizado pela agência MDO.
  • O Rock Laguna estará de volta no ano que vem. O evento será realizado no dia 19 de janeiro, na Praça Seival, começando às 18h e terminando às 6h da manhã do outro dia. Confirmadas as seguintes atrações: Dazaranha, Sentapua, Dire Straits Legacy, Armandinho, Nenhum de Nós, Cone Crew Diretoria e CPM 22.
  • Presidente do diretório do PP (Partido Progressista) de Pescaria Brava, Luiz Henrique Souza confirmou que o partido no município vai fechar com as candidaturas de Jorge Boeira para deputado federal e de Pepê Collaço para deputado estadual, na eleição do ano que vem.
  • Secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, assinou um convênio para a realização dos 13º Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc). A competição será realizada em Criciúma, de 1º a 6 de dezembro. O valor de R$ 100 mil será destinado a melhorias em estruturas esportivas.
Este artigo está em

Join the Conversation