Diariamente falamos sobre diversos problemas que afligem a nossa população. Mas todos esquecemos do Rio da Madre que tem ao longo do seu leito um farto material para a proliferação de mosquitos e outros insetos. Ninguém pode esquecer que o mosquito da dengue gosta de água parada e que o mencionado rio é um convite para sua criação e proliferação. Em outubro de 2011 o então vereador e hoje presidente da Copagro, Dionísio Bressan fez referência ao problema na Câmara Municipal e pediu um projeto de recuperação do Rio. Em agosto de 2013 o então vereador Edson Firmino também fez uma indicação ao governo para que houvesse o desassoreamento do rio. De lá para cá não se ouviu mais nenhuma manifestação. O Rio da Madre, já conhecido como Rio Seco e Rio Morto não pode ser esquecido por nossas autoridades. É preciso que se tomem providências para que nele volte à vida urgentemente.

QUE MUNDO QUEREMOS?

Frei Rodrigo Amédée Péret, de Uberlândia, MG, comentou recentemente que na encíclica “Laudato Si” o papa Francisco se mostra preocupado sobre a maneira como estamos construindo o futuro do planeta. Ele convida para um debate que una a todos. O desafio ambiental que vivemos tem raízes humanas, diz respeito e impacta a todos. Nossa sociedade tecnológica, industrial e de consumo transforma tudo em mercadoria. O papa alerta sobre que tipo de mundo vamos deixar para as gerações futuras, para as crianças que estão crescendo. Diz que, para indagarmos sobre o mundo que queremos deixar, temos que responder a perguntas diretas sobre o significado da nossa passagem pela Terra. Com que finalidade vivemos neste mundo? Para que viemos a esta vida? Para que trabalhamos e lutamos? Que necessidade tem de nós esta terra?

DEZ ANOS DEPOIS

No ano de 2007, a Procuradoria-Geral da República em Santa Catarina com o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil ajuizou no STF uma ação para derrubar o pagamento de oito ex-governadores e três viúvas que recebem pensão vitalícia paga pelo erário estadual. Existe até o caso do atual secretário Leonel Pavan, que exerceu o cargo de governador por nove meses e recebe hoje R$ 30,4 mil, assim como os demais ex-governadores. O salário das viúvas é de R$ 15 mil cada, perfazendo um total mensal de R$ 288.786 e R$ 3,7 milhões ao ano com o décimo terceiro incluído. Eduardo Moreira, que assumiu o Estado em 2006, quando Luiz Henrique renunciou, chegou a receber o benefício, mas como voltou a ser eleito vice em 2010 não recebe mais como ex-governador. A verdade é que os pagamentos são legais devido à lei que os criou, mas, convenhamos, são uma imoralidade que está no STF há dez anos e não foi ainda resolvida.

Notas rápidas

  • Especialistas em finanças garantem que o tubaronense teve um aumento real no IPTU e na taxa de lixo de 35,55%. Com o desconto de 20% oferecido pela prefeitura para quem pagasse à vista até o último dia 15, o aumento real líquido foi de 15,55%. Lembram que a inflação do período foi de 6,29%.
  • Presidente do Observatório Social de Tubarão, o advogado Ramon Antonio marcou para dia 17 de abril às 19h30 em segunda chamada, na sede da Associação das Micro e Pequenas Empresas, na rua Tubalcain Faraco, a assembleia geral ordinária para eleger os novos Conselhos de Administração e Fiscal. Ramon já comunicou que não deseja mais continuar como presidente da entidade.
  • Reitor da Unisul, Mauri Luiz Herdt, ficou satisfeito com os resultados obtidos pela instituição nos Indicadores de Qualidade da Educação Superior divulgados recentemente. Dos 42 cursos avaliados da Unisul, 98% alcançaram conceito satisfatório, sendo que 22% tiveram conceito 4 em uma escala de 1 a 5.
  • Seguindo a tendência do mercado a empresa Copobras mostra novamente seu pioneirismo na área dos descartáveis. Com o objetivo de facilitar o acesso às informações institucionais e comerciais, a empresa lançou aplicativo para as plataformas Android e iOS.
  • PSDB estadual está marcando para 2 de abril as convenções municipais, quando elegerá quase 8 mil novos dirigentes. O partido já distribuiu um kit para a convenção e após as eleições pretende realizar 40 seminários regionais de formação política e de práticas eleitorais para 2018.
  • Vereador do PMDB de Capivari de Baixo, o médico Cleberson José Garcia apresentou na Câmara pedido de informação ao prefeito Nivaldo Souza sobre aumento ou reposição salarial dos funcionários do município, que há dois anos estão sem ter nenhum acréscimo.
  • Na Câmara de Vereadores de Tubarão os partidos definiram através de suas bancadas ou executivas os nomes de seus líderes. O PPS tem Maurício da Silva; o PT, o professor Paulão; o PSD, Dalton Marcon; o PP, Gelson Bento; o PMDB, Douglas Antunes; e o PSDB, João Fernandes.
  • Um abaixo-assinado está circulando nas redes sociais com o título de “Salvem o Rosa Norte”. No documento os moradores requerem das autoridades do município de Imbituba que impeçam a continuidade de uma obra situada no Rosa Norte para moradia particular, que está em área preservada.
  • Secretário de Urbanismo, Mobilidade e Planejamento da prefeitura de Tubarão, advogado Alexandre Moraes, encaminhou ao secretário de Gestão, vice-prefeito Caio Tokarski, a contratação em regime emergencial de uma empresa para fazer funcionar o estacionamento rotativo. Também pediu a criação do Fundo Municipal de Trânsito.

Frase: “Para viver um grande amor direito. Não basta apenas ser um bom sujeito. É preciso também ter muito peito.” Vinicius de Moraes, poeta carioca.

Este artigo está em


Join the Conversation