Comunidade de Rio Santo Antonio homenageia peregrinos – Arilton Barreiros

Durante a 16ª Caminhada das Santas, que reuniu este ano cerca de 31 participantes, a comunidade de Rio Santo Antonio no município de São Bonifácio, homenageou os peregrinos com o oferecimento de um delicioso almoço.

Todos os anos, os médicos Irmoto Feurschuette e Reginaldo Boprê que participam da caminhada oferecem seus serviços gratuitamente à comunidade num gesto de amizade e solidariedade, realizando procedimentos de forma gratuita. Muitos moradores da comunidade acabaram também sendo clientes dos facultativos.

O almoço foi servido no Salão Comunitário e contou com a presença de diversos moradores, entre eles:

A vereadora Zenita e esposo Sérgio Buss, Alcido Buss e Hilária Buss, Eno Moenstes e Angela, presidente do Centro Social local, Neusides Stock Bakes e Elias Dirksen, que foi vereador por três ocasiões em São Bonifácio e que sempre recebeu os peregrinos em seu estabelecimento.
Em nome dos participantes da jornada, o jornalista Arilton Barreiros agradeceu a gentileza da comunidade.

HORA DE ABRIR OS OLHOS

A recessão no Brasil, associada com a má gestão, resultou em rombos em fundos de pensão que estão tendo que ser cobertos pelos participantes e empresas. Uma destas fundações é a Celos, da Celesc, que encaminhou solução para um rombo da ordem de R$ 380 milhões. De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo da Celos, Fernando Molina, uma parte deste déficit é relativa a investimentos realizados pela fundação que não deram rentabilidade por problemas de mercado e problemas de crédito. Quando a economia melhorar, talvez essa parte da dívida possa ser revertida e o valor pago pelas partes possa ser reduzido. Não podemos nos esquecer da história do Besc, que acabou sendo vendido. Do jeito que as coisas andam é possível que tenhamos mais empresas no Estado sendo vendidas. Está na hora de o governador abrir os olhos e deixar de confiar em muitas pessoas que estão ao seu lado.

A LEI DE GÉRSON

A corrupção hoje no Brasil é algo que deveria preocupar toda a população. Estamos vivendo em uma era em que ter dinheiro, para muitos, seja lá como for, é ser vitorioso e até respeitado. A possibilidade de mudança está em mudar os costumes, o que não é fácil. Não existe muito o que se esperar sem uma boa legislação punitiva, um sistema judiciário eficiente, visibilidade verdadeira das transações governamentais, meios de comunicação mais a serviço da população e do país e uma maior consciência política dos cidadãos. O jogador tricampeão brasileiro em 1970 Gerson ficou célebre mais por uma frase na propaganda do cigarro Vila Rica, veiculada alguns anos depois da Copa, do que pela conquista no futebol. Ele disse: ”O importante é levar vantagem em tudo, certo?”. Por muito tempo ele tentou se desvencilhar da fama de patrocinador dos espertalhões, patrono dos corruptos e dos canalhas, mas não teve jeito.

A CARTA DE TIRIRICA

Deputado federal Francisco Everardo, o popular Tiririca, surpreendeu o meio político com uma carta em que revela sua frustração com os parlamentares. Em seu primeiro mandato grande parte da população brasileira imaginava que ele seria apenas um palhaço que faria piadas e receberia seu salário sem maiores compromissos. Pois o campeão de votos no Brasil está honrando o eleitor com 100% de presença nas sessões e apresentando projetos que valorizam a nossa cultura. Tiririca publicou esta semana uma carta aberta ao público que é uma aula sobre ética e moral. Em determinado trecho ele diz que no Congresso cada um quer tirar para si. Quanto mais melhor. Não importa quantas pessoas morram de fome ou nos corredores de hospitais. O importante é se eleger na próxima eleição e garantir a boa vida de sua família. O problema não é da direita nem da esquerda. A lista da Odebrecht mostrou que tem ladrão dos dois lados. O que está faltando nos políticos não é ideologia, é decência, conclui o parlamentar. Será que é preciso dizer algo mais?

Notas rápidas

  • Os prefeitos de Imaruí, Rui José Candemil, e de São Martinho, Robson Back, estiveram reunidos para tratar da manutenção da estrada que liga São Luiz a São Martinho. A intenção dos dois prefeitos é manter uma parceria para recuperação e manutenção contínua do trecho, que recebe turistas diariamente.
  • Na Câmara de Tubarão o vereador Dorli Fernandes Rufino (PP) apresentou projeto de decreto legislativo concedendo o título de cidadão tubaronense a Luiz Fernando dos Santos. Já Dalton Marcon (PSD) apresentou projeto que concede o título de honra ao mérito à senhora Léa Pereira da Silva Cascaes.
  • Os mais de 30 mil eletricitários de Santa Catarina, entre ativos e inativos, agora terão uma data comemorativa. Os deputados estaduais aprovaram o projeto de lei de autoria de Dirceu Dresch (PT) que fixa o dia 9 de dezembro como o Dia Estadual do Eletricitário.
Este artigo está em


Join the Conversation