Estudante de Tubarão vai representar o Brasil em etapa internacional

O estudante Eric Marcelino da Silva, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) de Santa Catarina, vai representar o Brasil na ocupação de Web Design na 44ª WorldSkills, em 2017, em Abu Dhabi. O jovem foi o primeiro colocado na seletiva da Olimpíada do Conhecimento, realizada no Centro de Formação Profissional (CFP) do SENAI do Amapá. A competição premiou também Guilherme Lopes, de São Paulo, em segundo lugar, e Maximilly Gonçalves, de Alagoas, em terceiro.

Eric (à esquerda) | ASCOM SESI/SENAI AP
Eric (à esquerda) | ASCOM SESI/SENAI AP

A cerimônia de premiação dos melhores web designers aconteceu nesta sexta-feira, 29, no CFP Macapá. A seletiva iniciou na segunda-feira, 25, e reuniu 14 competidores, representantes dos SENAIs e dos Institutos Federais, dos estados do Amapá, Goiás, Alagoas, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e Distrito Federal.

“É difícil descrever em palavras o que estou sentindo, estou muito feliz. Agora é continuar trabalhando, para estar bem preparado para a competição internacional. Valeu muito a pena conhecer o Amapá e conquistar um prêmio tão importante”, disse o estudante campeão, Eric da Silva. (Informações do site Chico Terra)

ASCOM SESI/SENAI AP
ASCOM SESI/SENAI AP

Eric, que se formou no curso técnico de Informática para Internet no Senai de Tubarão em 2014, participou da seletiva nacional com mais 12 competidores que disputaram a modalidade web designer. Eric conta que na competição a prova, que consistiu na produção visual e programação de páginas de internet, foi a mais difícil.

Contudo, agora segue para aprimorar seus conhecimentos para a disputa internacional. “Foi emocionante! Os demais competidores eram muito bons, mas consegui pôr em prática meu treinamento dos últimos meses. Agora meu pensamento está voltado à preparação para a jornada final, para que no ano que vem eu possa estar no topo na famosa World Skills”, fala o jovem.

Eric começou a estudar no Senai de Tubarão com 16 anos e para chegar à seletiva nacional teve que enfrentar outras duas etapas. A escolar, quando desbancou os adversários da unidade do Senai de Tubarão, e a estadual, quando venceu outros seis competidores em Joinville, no ano passado.

“Foi uma vitória muito importante, mas agora preciso me preparar ainda mais para a etapa internacional”, frisa Eric, que foi o quarto catarinense a conquistar o primeiro lugar nacional em web design.

A World Skills é o ponto alto de um ciclo que começa na etapa estadual. Os vencedores se classificam para a fase nacional, na qual podem assegurar o passaporte para o torneio mundial. Este ano, 40 estudantes de Santa Catarina, entre os quais 30 do Senai, tentam garantir sua vaga para o torneio internacional.

Nestas competições, os estudantes realizam atividades típicas de cada profissão. Os competidores são avaliados pela excelência do projeto ou produto final, capacidade de planejamento, bom aproveitamento de recursos e materiais e também por aspectos comportamentais, como o respeito às pessoas (demais competidores, avaliadores), ao meio ambiente, à legislação etc. (Informações do site Diário do Sul)

ASCOM SESI/SENAI AP
ASCOM SESI/SENAI AP

Competição internacional

A WorldSkills é a maior competição de educação profissional do mundo, que se realiza em um país diferente a cada dois anos. O torneio reúne competidores de países e regiões das Américas, Europa, Ásia, África e Pacífico Sul. Durante as provas, os participantes devem completar os desafios propostos pela organização da competição dentro de padrões internacionais de qualidade, demonstrando habilidades técnicas individuais e coletivas em profissões técnicas da indústria e do setor de serviços. Há competições em áreas que vão desde a automação industrial, passando pela eletrônica e eletricidade até cozinha e confeitaria. Os mais bem colocados de cada uma das ocupações recebem medalhas de ouro, prata e bronze.

Participaram, também, da cerimônia, o superintendente corporativo do SESI e do SENAI Amapá, Antonio Carlos Sampaio Quintiliano; a especialista em Desenvolvimento Industrial do Departamento Nacional do SENAI, Deusa Carvalho; a superintendente do SESI AP, Alyne Vieira; a assessora da Confederação Nacional da Indústria, Sara Yehia; o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil (SINDUSCON), Glauco Cei, e o presidente do Sindicato das Indústrias Alimentar de Congelados, Super Congelados, Sorvetes, Concentrados e Liofilizados do Estado do Amapá (SINDCONGEL), José Carlos Ferreira.

ASCOM SESI/SENAI AP
ASCOM SESI/SENAI AP
Este artigo está em

Join the Conversation