Em São Martinho, Polícia Militar prende estelionatário com ajuda da “Rede de Vizinhos”

Na manhã desta segunda-feira (20), moradores integrados a Rede de Vizinhos, do município de São Martinho, sul de SC, reconheceram um estelionatário que já vinha sendo procurado pelas polícias da região. Ao desconfiarem do possível criminoso repassaram a informação no grupo de Whatsapp e um policial militar do município conseguiu abordar o indivíduo. Ao consultar a placa do veículo utilizado pelo mesmo os dados não confirmavam, então o agente foi levado até a PM de Armazém para detalhar a consulta.

Em Armazém os policiais militares constataram que R.V. de 48 anos possuía diversas passagens criminais e estava com as placas do veículo Ford modelo Ecosport adulteradas.

ASCOM PMSC / Divulgação ORS
PUBLICIDADE

Com 17 passagens policias o criminoso já havia aplicado golpes em Araranguá, Braço do Norte, Forquilhinha, Nova Veneza, Meleiro, Criciúma e Içara. Ele se passava por médico da ONU (Organização das Nações Unidas) e piloto de avião da Força Aérea Brasileira, acostumado a aplicar golpes ludibriava com facilidade, principalmente mulheres e extorquia dinheiro das vítimas com um sotaque francês.

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão ao criminoso e encaminhado para Delegacia de Armazém. A Polícia Militar orienta que sempre ao observar algo suspeito ligue imediatamente para o telefone 190.

A Rede de Vizinhos

Segundo o portal da Polícia Militar de Santa Catarina, o programa é pautado na filosofia da polícia comunitária, o programa tem como objetivo promover parcerias e fortalecer as relações interpessoais e a cidadania ativa do bairro. Moradores e Polícia Militar podem interagir através de aplicativo de troca de mensagens, colaborando para a construção de uma comunidade mais segura.

Embora recém estruturado, o Rede de Vizinhos já alcançou dados e resultados expressivos e já está presente em mais de 70 municípios catarinenses, conta com mais de 1050 grupos/células de prevenção e apresenta resultados significativos da redução criminal nos locais em que foi implantado, fortalecendo assim o sentimento de comunidade e de vínculos.

O programa é uma inovação na gestão de prestação de serviços da PMSC, construindo em coprodução, com transparência e legitimidade, as soluções para os problemas de ordem pública local.

Como criar Rede de Vizinhos PMSC:

  1. Mobilize seus vizinhos;
  2. Com a vizinhança (moradores e/ou comerciantes) mobilizada, procure o comandante da Polícia Militar do seu bairro;
  3. O comandante local estudará a viabilidade da estratégia de Rede de Vizinhos PMSC para a localidade.

A intenção do programa “Rede de Vizinhos da PMSC’’ é que os vizinhos atuem em cooperação, se associem para fomentar parcerias, fortalecer as relações interpessoais e a cidadania ativa do bairro”. Ainda pretende melhorar a relação entre a polícia e a comunidade, além de aumentar a vigilância natural, a fim de prevenir e restaurar problemas de ordem pública, garantindo a incolumidade física das pessoas e do patrimônio.

Este artigo está em

Join the Conversation