Polícia Civil de Gravatal realiza operação para fiscalização de alvarás

Na noite de ontem quarta-feira (06), a Polícia Civil de Gravatal deflagrou mais uma operação policial para fiscalização de alvarás envolvendo bares e similares, além de restaurantes e supermercados do Município.

A operação está sendo desencadeada em etapas desde o início do ano e pretende fiscalizar todos os estabelecimentos que não se encontram em dia com o Alvará da Polícia Civil.

A Constituição Estadual de Santa Catarina disciplina a atribuição de fiscalização de Jogos, Diversões Públicas e Produtos Controlados para a Polícia Civil. Neste sentido é que estão sendo realizadas operações para estas fiscalizações.

Atualmente toda legislação, documentos e dúvidas relacionadas aos quesitos necessários para obter-se os alvarás podem ser obtidas no site da POLÍCIA CIVIL DE SANTA CATARINA (www.pc.sc.gov.br) bastando acessar o link de FISCALIZAÇÃO DE JOGOS, DIVERSÕES PÚBLICAS E PRODUTOS CONTROLADOS.
A emissão dos alvarás foi informatizada recentemente pela Polícia Civil possibilitando uma série de benefícios, desde padronização, desburocratização e controles estatísticos eficientes e estratégicos para os órgãos de segurança.

Estas operações contaram com apoio da Delegacia Móvel da Delegacia Regional de Polícia de Tubarão e estão sendo feitas desde o início do corrente ano. Elas deverão ser rotineiras nos próximos meses. No ano de 2017 a Delegacia de Polícia Civil Gravatal bateu recorde do município com relação à emissão de alvarás. Foram emitidos naquele ano 80 Alvarás Anuais, 36 Licenças Diárias e 28 Licenças mensais. Temos a intenção de em 2018 batermos novo recorde, focando inclusive em hotéis e pousadas da cidade nos próximos meses. Para isso, contamos com apoio de vários órgãos, principalmente Prefeitura de Gravatal, Vigilância Sanitária, Bombeiros Militares, Polícia Militar e outros. Assim, o cidadão de Gravatal terá tranquilidade de frequentar os estabelecimentos do município, sabendo que estão em dia, não só com a Polícia Civil, mas com todos os órgãos citados.

Na operação de ontem foram notificados 21 estabelecimentos comerciais, sendo que 02 deles foram interditados. Os estabelecimentos notificados tem prazo de 15 dias para regularizarem suas situações, sob pena de interdição.

As operações foram realizadas por Policiais Civis da Delegacia de Polícia de Gravatal e coordenadas pelo Delegado José David Machado.

Este artigo está em

Join the Conversation