Polícia Civil de Armazém recupera automóvel que genro havia se apropriado indevidamente

Na tarde desta última quarta-feira (22), a Polícia Civil de Armazém, após diligências investigativas, localizou e apreendeu um veículo GM/Celta, ano/modelo 2008/2009, que havia sido apropriado indevidamente por um indivíduo armazenense. A apropriação indevida ocorreu no mês de junho de 2017.
O rapaz havia enganado sua então companheira (com quem morava havia poucos dias) e, a pretexto de levar o veículo para reparos em uma oficina mecânica, acabou vendendo-o, sem o consentimento dela. O automóvel era da mãe da moça.
A sogra do rapaz registrou boletim de ocorrência acerca do sumiço do veículo. Um inquérito policial foi instaurado na Delegacia de Polícia Civil de Armazém.
O veículo foi encontrado no município de São Martinho, após auxílio do responsável da Delegacia de Polícia Civil daquela cidade.
Destaca-se que o automóvel, avaliado em aproximadamente R$16.000,00, foi restituído à vítima.
O autor do fato responderá pelo crime de apropriação indébita, cuja pena de reclusão pode chegar até quatro anos.
O inquérito policial foi presidido pelo delegado de polícia Willian Antonio Meotti.
A Polícia Civil de Armazém orienta aos cidadãos que não comprem veículos sem a presença do proprietário legal, principalmente quando o veículo não está acompanhado da devida documentação para transferência.

Este artigo está em


Join the Conversation