Polícia Civil de Gravatal prende homem de 57 anos suspeito da prática do crime de estupro de vulnerável

No final da tarde desta quarta-feira (15), Policiais Civis de Gravatal e São Martinho, com apoio de policiais militares de Gravatal, deram cumprimento a um mandado de prisão temporária (30 dias) expedido em desfavor de um homem de 57 anos. A prisão ocorreu no interior do município de Gravatal, após o mandado ser deferido pelo Poder Judiciário da Comarca de Armazém, com parecer favorável do Ministério Público. Também foi cumprido um mandado de busca na casa do suspeito.

Segundo investigações, que vem sendo desenvolvidas há quase 30 dias, o homem teria abusado durante anos de crianças configurando o crime previsto no artigo 217-A do Código Penal.

As investigações estão sendo realizadas por Policiais Civis de Capivari, Gravatal, São Martinho e Armazém, com apoio técnico especializado do Setor de Psicologia Policial da DPCAPMI de Tubarão e do Conselho Tutelar de Gravatal. Após a prisão do suspeito a polícia acredita que possam surgir mais vítimas no transcorrer das investigações.

Na casa do homem restou apreendido uma espingarda calibre .28 com registro vencido junto a Polícia Federal, além de outros objetos que servirão para instruir as investigações. Não foram divulgados mais detalhes para resguardar e preservar as vítimas.

O homem foi encaminhado para o Presídio Regional Masculino de Tubarão e o inquérito deve ser concluído dentro do prazo legal. As investigações estão sendo coordenadas pelo Delegado José David Machado.

Informações da assessoria de imprensa da Delegacia de Polícia Civil de Gravatal.

Este artigo está em

Join the Conversation