Dupla é condenada por tráfico de drogas e associação para o tráfico

Nos últimos dias no Fórum de Justiça da Comarca de Armazém, dois indivíduos de 20 e 24 anos, presos em operação policial realizada pela Polícia Civil e Militar de Gravatal, Armazém e São Martinho, foram condenados as seguintes penas: 9 anos e 4 meses de reclusão para o indivíduo de 24 anos; 8 anos de reclusão para o indivíduo de 20 anos.

Relembre o caso

O principal fomentador da criminalidade moderna é com certeza é o tráfico e o uso de drogas. Com o tráfico, vários fatos graves vêm “pendurados” como se fosse um “balaio de siri”. Não foi diferente nesta investigação que culminou com a prisão de dois indivíduos de 20 e 24 anos.

Após vários casos policiais de ameaças e porte de drogas noticiados nos últimos meses, chegou-se na prisão dos indivíduos mencionados na manhã desta sexta-feira, dia 15/06/2018.

As investigações

Os trabalhos investigativos davam conta de que a dupla mencionada, juntamente com outros indivíduos, estaria voltada para o tráfico de drogas em Gravatal, principalmente no bairro Caeté. Os indivíduos investigados, segundo denúncias, estariam fabricando armas artesanais para intimidar usuários e eventuais desafetos. Foram registrados alguns boletins de ocorrências dando conta de ameaças por parte dos indivíduos investigados.

Diversas informações foram compartilhadas entre a Polícia Civil e Militar de Gravatal. Diante destas informações foi representado por mandados de buscas e apreensões para as residências dos suspeitos. As medidas cautelares foram prontamente deferidas pelo Poder Judiciário de Armazém após manifestação favorável do Ministério Público da Comarca.

ASCOM Polícia Civil de Gravatal / Divulgação ORS

A operação policial

Logo pela manhã foi desencadeada operação policial para cumprimento das buscas. Participaram da operação: Policiais Civis das Delegacias de Gravatal e Armazém, além de Policiais Militares de Gravatal, Armazém, São Martinho e Canil de Braço do Norte.

Chegando à residência dos indivíduos de 20 e 24 anos, um deles tentou se desfazer de parte da droga (04 petecas de cocaína) jogando pela janela dos fundos da casa quando percebeu a presença da polícia. A ação foi flagrada pela polícia que cercava o imóvel. No interior da casa foram encontradas mais 04 petecas de cocaína escondidas em uma garrafa, além de 01 peteca de cocaína em baixo do colchão. No mesmo imóvel foram apreendidos dois torrões de maconha, balança de precisão, papeis com anotações denotando o tráfico de drogas, dinheiro e outros objetos.

Na casa de outro indivíduo investigado restou apreendido verdadeiro arsenal de materiais de armas artesanais, sendo 04 espingardas de pressão, diversas facas, facões, machados, punhais, arcos, flechas, estilingues, cassetetes, dardos, etc, totalizando 87 objetos. Estes objetos foram apreendidos e servirão para instruir procedimentos policiais que investigam ameaças.

Os procedimentos policiais

Os indivíduos de 20 e 24 anos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico, sendo encaminhados para o Presídio Regional Masculino de Tubarão. Demais procedimentos de ameaças seguem sendo instruídos em seus respectivos Termos Circunstanciados.

As investigações foram realizadas pelos Policiais Civis da Delegacia de Polícia de Gravatal, sendo coordenadas pelo Delegado José David Machado.
As diligências policiais contaram com apoio incondicional da Delegacia de Polícia de Armazém, Polícia Militar de Gravatal, Armazém, São Martinho e Canil de Braço do Norte.

Esta pauta é uma colaboração da Assessoria de Comunicação da Delegacia de Polícia Civil de Gravatal.

Este artigo está em

Join the Conversation