Autorizada a Instalação do Parque Eólico Serra Azul

Na última quinta-feira (22) o prefeito Lourivaldo “Pita” Schuelter e o presidente da Câmara, Eduardo Wiggers, acompanhados de lideranças políticas e o departamento jurídico da prefeitura, receberam o engenheiro Carlos Kreuz, que é desenvolvedor de negócios.

Na reunião Carlos Kreuz apresentou o projeto de criação de um Parque Eólico no interior do município, com a instalação de 14 torres na região do Pontão da Baia (Campo dos Padres), com um investimento aproximado de R$ 200 milhões. “A região é rica em ventos e tem alto potencial para geração de energia limpa”, disse.

Na oportunidade Kreuz, solicitou a autorização legal do município para que os próximos passos da instalação sejam negociados com as empresas parceiras e os investidores da importante instalação, que segundo o advogado Sandro Volpato, terá um impacto de aproximadamente 30% no movimento econômico do município, com retorno de ICMS, e a geração de diversos empregos diretos, além de fomentar o Turismo na região.

Em breve uma audiência pública será marcada para que a população também tenha conhecimento da importante instalação das torres que visam a geração de energia limpa.

Na reunião também marcaram presença, os vereadores Eduardo Wiggers e Celito May, o vice-prefeito Valdeci Dela Justina, o secretário de Administração, Renério Roecker, o diretor de Obras, Carlos Alberto, e o secretário de Saúde, Ilso Nack.

O que é Energia Eólica

Energia eólica é a transformação da energia do vento em energia útil, tal como na utilização de aerogeradores para produzir eletricidademoinhos de vento para produzir energia mecânica ou velas para impulsionar veleiros. A energia eólica, enquanto alternativa aos combustíveis fósseis, é renovável, está permanentemente disponível, pode ser produzida em qualquer região, é limpa, não produz gases de efeito de estufa durante a produção e requer menos terreno. O impacto ambiental é geralmente menos problemático do que o de outras fontes de energia.

Os parques eólicos são conjuntos de centenas de aerogeradores individuais ligados a uma rede detransmissão de energia elétrica. Os parques eólicos de pequena dimensão são usados na produção de energia em áreas isoladas. As companhias de produção elétrica cada vez mais compram o excedente elétrico produzido por aerogeradores domésticos. Existem também parques eólicos ao largo da costa, uma vez que a força do vento é superior e mais estável que em terra e o conjunto tem menor impacto visual, embora o custo de manutenção seja bastante superior. Em 2010, a produção de energia eólica era responsável por mais de 2,5% da eletricidade consumida à escala global, apresentando taxas de crescimento na ordem dos 25% por ano. A energia eólica faz parte da infraestrutura elétrica em mais de oitenta países. Em alguns países, como a Dinamarca, representa mais de um quarto da produção de energia.

A energia do vento é bastante consistente ao longo de intervalos anuais, mas tem variações significativas em escalas de tempo curtas. À medida que cresce a proporção de energia eólica numa determinada região, torna-se necessário aumentar a capacidade da rede de modo a absorver os picos de produção, através do aumento da capacidade de armazenamento, e de recorrer à importação e exportação de eletricidade para regiões adjacentes quando há menos procura ou a produção eólica é insuficiente. As previsões meteorológicas auxiliam o ajustamento da rede de acordo com as variações de produção previstas .

Este artigo está em