‘União’ rara entre Vênus e Júpiter poderá ser observada neste sábado

Um conjunção rara entre Vênus e Júpiter poderá ser observada a olho nu neste sábado (27).O fenômeno astronômico, que começou no dia 24 de agosto, atingirá seu ápice entre às 18h10 e às 19h15, quando os planetas vão quase “se beijar” no céu, de acordo com o especialista Nelson Travnik.

A próxima “união” entre Vênus e Júpiter se repetirá somente em 12 de fevereiro de 2056, segundo o astrônomo Travnik. O fenômeno poderá ser visto a olho nu, mas, quem preferir uma visão privilegiada, poderá ir até o Observatório Astronômico Elias Salum, em Piracicaba (SP). A entrada é gratuita.

Nesta sexta (26), o Observatório funcionará a partir das 18h. Os dois planetas estarão visíveis logo após o pôr do sol, porém, a visão do fenômeno será curta, entre 18h10 às 19h15, aproximadamente.

O planeta Vênus será visto ao telescópio com 92% do seu disco iluminado e Júpiter com 100%.

Em Júpiter poderão ser vistos os quatro principais satélites.

Na noite deste sábado (27), outros planetas estarão em evidência, como Marte, Saturno e a estrela gigante Antares, da constelação do Escorpião, segundo Travnik.

O Observatório Astronômico de Piracicaba Elias Salum fica no quilômetro 3 da Rodovia Fausto Santomauro (SP-127), que liga Piracicaba a Rio Claro (SP). O espaço oferece estacionamento e visitação gratuitos e funciona até as 21h30. Mais informações pelos telefones (19) 3325-0698 ou 3413-0990.

Foto: Stan Honda/AFP
Foto: Stan Honda/AFP

Fonte: G1

Este artigo está em


Join the Conversation