Edital da ponte sobre o Rio Congonhas foi suspenso

Em virtude de uma impugnação por parte de uma das empresas que participariam da abertura dos envelopes do edital para construção das cabeceiras sobre o Rio Congonhas, na divisa de Tubarão com Jaguaruna, o edital foi suspenso. De acordo com a consultoria jurídica da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Tubarão, nesta quarta, dia 24, data em que seria a abertura dos envelopes para habilitação das empresas participantes, será feita toda a análise dos recursos.

“Não queríamos que isto ocorresse, mas houve um erro material no edital, vamos retificar e vamos marcar uma nova data. Já comunicamos as empresas participantes e no dia 31 deste mês, às 14h30min, próxima quarta-feira, na ADR de Tubarão, serão abertos os envelopes para habilitar as empresas”, explica o Secretário Executivo da ADR, Nilton de Campos.

No processo houve um erro sobre o item de cravação de estacas metálicas. O que não passa de um mero erro material, sem mais implicações no edital. Para não causar prejuízos aos participantes e manter a celeridade no processo, a ADR já marcou uma nova data em que as empresas vão ser habilitadas, 31 de agosto. Posteriormente, conhecidas as empresas, será marcada uma nova data, cinco dias depois, para abertura do envelope 2, onde serão conhecidos os valores apresentados.

Este artigo está em

Join the Conversation